Pró-reitor da USCS fala sobre avanços nos cursos de Saúde

“Nossa parceria com o setor público é essencial porque dessa forma, todos acabam ganhando: população e profissionais”

Leandro Prearo celebra um ano de realizações acadêmicas e adianta novidades para 2020
Por Bijou Monteiro

A trajetória da  Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) começou em 1968 visando tanto o brilhantismo acadêmico quanto a formação de profissionais essencialmente humanos, capazes de transformar os ambientes por onde passassem. Essa filosofia acompanha os professores e faz parte, é claro, da visão da atual gestão da Universidade. Por isso, o ABC em Notícia entrevistou com exclusividade o professor Dr. Leandro Prearo, Pró-Reitor de Graduação e Diretor do Instituto de Pesquisas da Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Prearo falou sobre os cursos da área da Saúde presentes na Instituição.

AN: Quais avanços acadêmicos aconteceram nos cursos da área da saúde em 2019?

LP: O ano 2019 marcou a inclusão de Veterinária e Biomedicina entre os novos cursos da universidade. A graduação de Veterinária veio com o Protocolo de Intensão da Prefeitura de São Caetano, que permitem que os alunos atendam aos munícipes da cidade e seus respectivos pets. O atendimento será no Centro de Zoonoses  (Rua Justino Paixão, 141, bairro Mauá), em frente ao Fórum. 

AN: Quantos profissionais dessa esfera foram formados esse ano?

LP: Universidade graduou aproximadamente 500 na área da saúde em 2019. Tivemos a primeira turma de Medicina reconhecida com nota máxima no Conselho Estadual de Edu cação. Também tivemos formandos nos cursos de Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Medicina. Ainda vale ressaltar o lançamento da Clínica de Odontologia, outra parceria com a Prefeitura. O espaço conta com área de 700 metros quadrados e 27 salas equipadas para o atendimento dos munícipes por meio da participação dos alunos.

AN: Quais diferenciais a Universidade oferece a esses profissionais em termos de mercado de trabalho?

LP: Os diferenciais na área de saúde são os campos de estágio. Os alunos de Medicina estagiam no Hospital Heliópolis – que contém todas as áreas de atendimento médico – e em todas as UBS de São Caetano. Os estudantes de Fisioterapia também atendem a todos os munícipes de São Caetano e, ainda, os graduandos em Farmácia produzem cerca de 10 mil comprimidos para os moradores locais na Farmácia Escola. Já os alunos de Nutrição estão em vários campos de estágio, inclusive no Hospital Heliópolis e na rede.

AN: A USCS estreita laços com a população a partir de empreitadas como a Escola de Saúde. Como foi a interação/ assistência dos alunos com a comunidade em 2019?

LP: Todas as atividades citadas formam laços com a população, uma vez que os estudantes estão atuando em estágios que atendem aos munícipes de São Caetano do Sul e região. É uma parceria com o poder público em que todos saem ganhando, sendo porque os graduandos estagiam em ambientes bem aparelhados e os locais ganham estagiários de alta qualidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*