O legado do padre Reginaldo Manzotti

Fenômeno editorial, o padre afirma que ama evangelizar usando a música como instrumento de Deus

Considerado fenômeno editorial, o premiado sacerdote mostra que há muitas formas de levar a mensagem de Deus

Os números são impressionantes. Conhecido como o “padre das multidões”, Reginaldo Manzotti coleciona facetas na missão de ensinar a palavra de Deus, de diferentes formas. Fenômeno editorial, já vendeu mais de 4,7 milhões de exemplares sem contar com seu 17º lançamento, o livro “O Poder Oculto”.

Padre, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV,  Reginaldo Manzotti reúne todas as suas habilidades em prol da evangelização. Em 2018, reuniu 1,9 milhão de pessoas no Aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza (CE), no XI Evangelizar é Preciso, maior evento católico nacional do país, ficando atrás somente das visitas dos pontificies. Com exclusividade, o padre atendeu a reportagem do ABC em Notícia e falou sobre tudo: carreira, polêmicas, reconhecimento e, claro, fé.

AN: Padre vamos comemorar o Natal em dias e a maioria das pessoas o faz mais comercialmente mal sabe o significado dessa data. Como o senhor se sente com isso?
RM: Há alguns anos se percebe a necessidade de resgatar, de forma urgente e enfática, o verdadeiro sentido do Natal. Já passou da hora de colocar o Papai Noel no seu devido lugar e permitir que o aniversariante, Jesus Cristo, tome o centro das festividades. Somos chamados a nos depararmos com um mistério que é muito maior que a nossa compreensão. No tempo do Natal as pessoas se tornam mais solidárias, existe um clima diferente, porque a cada ano somos chamados a enxergar uma realidade: Natal é Natal porque Jesus nos dá esse presente. Parece óbvio, mas o mundo se torna melhor nesse tempo porque os homens recebem uma graça de Deus. No Natal temos a possibilidade de celebrar o que há de mais bonito: o rosto mais lindo da face humana, Deus em nós.

AN: Com a chegada da virada do ano muitas pessoas ficam descrentes por estarem passando dificuldades… A fé pode ajudar nesse quadro?
RM: Os índices de depressão e principalmente de suicídios crescem a cada ano. Precisamos ter muita atenção e a fé deve ser uma grande aliada no tratamento da depressão ou ansiedade, pois a alma sente tanto quanto a mente e o espírito. Nós somos diferentes e cada um reage de uma forma particular diante da dor emocional, mas é necessário acreditar em Deus. Acreditar que Deus restaura sua força e sua alegria.

AN: O senhor é um padre digamos diferente: acabou de lançar uma música com Naiara Azevedo. Acredita que assim atinge públicos de outra forma? Não tem medo de ser criticado?
RM: Convidei a Naiara Azevedo pois, além de ser uma ótima cantora e representar a mulher no meu novo DVD “Tempo de Inovar”, a música “Hora de Amar” é muito atual e tem uma mensagem muito importante. Precisamos amar mais, abraçar mais, deixar o celular um pouco de lado, rever os amigos, ter bons momentos com a família. Precisamos saber viver de forma equilibrada e com mais amor.

AN: Ser conhecido como o “padre das multidões” é uma benção, certo? Mas ao mesmo tempo uma responsabilidade. O senhor se sente cobrado?
RM: Esse título foi me dado pela própria mídia e eu comecei a perceber a partir da aceitação do programa de rádio “Experiência de Deus”. Depois, os primeiros shows que eu fiz, percebi que aumentava o público, então vi que estava no caminho certo: usar a música como um instrumento de evangelização. Comecei a usar isso nas celebrações e percebi que agradava as pessoas. Elas não vinham buscando o cantor, mas sim o sacerdote que utilizava música e na pregação. Não me sinto cobrado, mas sei da responsabilidade que tenho e sou muito disciplinado para que tudo saia corretamente.

AN: O que podemos esperar de novidades em 2020?
RM: 2020 será um ano de lançamentos, de inovação! Meu novo projeto, o DVD ‘Tempo de Inovar’, será lançado no primeiro trimestre. Além da inovação dos ritmos, este trabalho conta com participações incríveis da Naiara Azevedo e Gustavo Mioto, e, ainda, uma proposta ousada com produção feita pelo DJ Alok. Em relação aos livros que escrevo, também teremos novidades em breve.

Por Renata Rode

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*